terça-feira, 10 de novembro de 2015

Run is a Gift

Acho que vou ter de dar razão à minha mãe (e lá ganha o ditado,  as mães têm sempre razão) e admitir que por muito que gostasse (muito é pouco, acho que este era o meu sonho), nunca conseguirei ser magra, ter as pernas e braços mais finos e andar pela rua sem ter de esconder ou disfarçar a celulite. Estou bem, atenção que não me considero imprópria ou em estado lastimável, mas que podia estar melhor, isso não tenho qualquer dúvida que sim. O meu problema? Sou uma grande gulosa,  gosto de estar sentada à mesa, gosto de petiscar, adoro doces e perco-me com um bom copo de vinho, como tenho tendência para as formas roliças, NÃO DEVIA CAIR EM TENTAÇÃO, nunca (ou só às vezes vá, que nunca é muito forte). Mas caio, ai se caio e é por essa razão que volta e meia levam com os meus desabafos e com mais um recomeço, que já percebi (demorou, mas nem todas as pessoas têm de ser muito espertas), vou passar o resto da vida a ter de fazer. Sou fraca? Sim, sou.

Desde que conheci a S, na minha última ida ao Porto, que faço muitos dos pratos saudáveis que ela mostra no seu blog. Estou fã. Hoje, este foi direitinho para a minha lista de pratos que quero fazer, ainda esta semana. Bom aspecto, não tem? E o melhor, poucos hidratos de carbono.

um prato com um aspecto delicioso e Saudável da Eat Love (foto do blog)




Os treinos, para além das corridas, vão recomeçar outra vez. Depois de ter conhecido a Mariana, na corrida que a Cate organizou no sábado passado, depois de ter feito alguns exercícios com ela de localizada, depois de saber que é das PT que gosta de treinar ao ar livre, não havia como deixar para depois o primeiro treino com ela. Foi hoje e estou cheia de vontade de repetir, é que já não posso dizer adeus, com o braço levantado ao pé da Conchinha, que me goza à descarada e diz que estou com os braços iguais aos da avó P (mais moles impossível, como podem concluir). Este treino em grupo é mega e podem pedir informações, basta verem aqui.
E se agora, até já tenho uns ténis todos XPTO para treinar da Reebok, desculpas para não ir vão lá pregar para outra freguesia, que esta está fechada e vai correr atrás de novos desafios e já agora, não sendo pedir muito,  vai correr atrás de um corpinho mais jeitoso.

Saia/calção e cinto FlipBelt: Run is a Gift
Ténis: Reebok
T-shirt e casaco: Zara (antigos)


Nada como coisas giras (isto ajuda e não digam que não),  para nos dar ainda mais vontade de sair de casa, mentalizadas que é para voltar de rastos. Espreitem o site da Run is a Gift e comecem a tirar algumas ideias de presentes para o Natal, porque hoje em dia é raro não haver alguém em casa, que não goste de correr (lá vou eu receber uns quantos comentários a dizerem,"eu não gosto, há algum mal não ser de modas?").

1,2, 3 vamos lá outra vez...



Cacoame no Instagram @anadominguezlemos

9 comentários:

  1. Também sou assim...adoro comer por isso eu NUNCA serei magra :S mas em compensação sou feliz!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Espectáculo Ana! Parabéns! Tenho acompanhado as tuas corridas e estás a evoluir muito e isso nota-se! Força! E os teus braços e pernas estão top, não inventes! 😉

    ResponderEliminar
  3. Ana, será que o seu corpo "roliço" como lhe chama, não precisa de outro tipo de intervenção em termos de alimentação e desporto que não esse? Eu mas fotos, vejo uma pessoa mais gordinha, mas parece me um corpo "sarado", trabalhado e não vejo braços moles em lado nenhum. Será que comer mais vezes ao dia uns stocks com umas nozes, um iogurte, saladas em grande quantidade, iogurte com Grânola... Nunca ter fome, é o meu segredo, posso ficar desconsolada, mas nunca com fome. Como 3 pratos de sopa e for preciso, uma salada cheio de tudo, às vezes por um elemento crunchi ajuda... Só sugestões! Não tenho dúvidas que com essa força de vontade vai conseguir. Parabéns pela determinação!

    ResponderEliminar
  4. Esses treinos são grátis? Adorava fazer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não são grátis, mas o valor a pagar mensal é muito baixo. Envie mensagem que a Mariana responde-lhe :)

      Bjs

      Eliminar
  5. Bom dia Ana!
    Revejo-me completamente no que diz! Adoro cozinhar e adoro comer! Adoro ter amigos em casa e adoro um bom copo de vinho!
    Já perdi alguns quilos, mas ainda falta perder outros tantos! Reconheço que se tiver cuidado com a alimentação, não me é difícil perder peso, mas as facadas que dava estragavam tudo!

    Um conselho para quem trabalha em casa (eu trabalho)! Mantenham-se longe do frigorífico ou da cozinha em geral. Controlem aquela vontade de comer algo! Foi assim que engordei 10 quilos!
    E caminhem em casa, não fiquei, como eu, sentadas a trabalhar ao computador o dia todo!
    Agora, se quero ir à casa de banho, vou às que estão mais longe, com escadas pelo meio. Os lenços de papel ficam na sala, para que eu tenha de andar pela casa para ir usar um. Garrafa de água está à minha frente sempre! Tenho ginásio em casa e obrigo-me a usá-lo (guardei os meus sapatos no ginásio, para que possa lá ir e me lembre que ele existe).

    Agora que me mentalizei, 4 quilos já foram embora e os outros estão a caminho também!
    Nem todas podemos ser enxutas como modelo, e roliças também somos giras, mas é mesmo uma questão de força de vontade nossa!
    Porque é como a Ana chegou a dizer há algum tempo: quando começamos a ver (nós e quem nos rodeia) os resultados do nosso esforço, isso é o maior incentivo que podemos ter! Não podemos é parar!
    Felicidades!

    ResponderEliminar
  6. Olá Ana, não é a única nessa luta, o pior é que a idade vai passando e a perda de peso já não vai sendo efetuada da forma que nós queríamos, por mais equilibrada que seja. O rosto perdeu volume, e os quilinhos a menos parece que saem dos sítios que menos queríamos. Pelo menos comigo. Dou por mim numa luta de mais de 20 anos com a bulimia e mais do que muitas dietas. Já devia ter juízo, mãe de família e com um marido que me adora, mas não consigo livrar-me da maldita doença/vicio. Há quem tenha a sorte de manter um peso constante e uma vida de alimentação equilibrada... eu não consigo. Força:D

    ResponderEliminar
  7. Não ganho absolutamente nada com a publicidade , mas há um livro que me ajudou muito a compreender a minha relação com a comida porque mais do que dietas e desporto , perceber porque se come como se come é porque se engorda ou emagrece relacionado com as causas de base emocionais , é muito importante . O livro chama-se "alimenta o teu corpo" e é da lise bourbeau. Encontra-se facilmente on-line e com sorte nas livrarias ;) Bj, Sofia Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou procurar por ele (o livro).

      Eliminar