terça-feira, 29 de setembro de 2015

Quem casa quer casa


A minha amiga A. está à procura de casa para arrendar e esta semana desesperada por não encontrar nada do que pretendia (isto quando se tem uma ideia na cabeça é tão mais difícil de gostarmos, falta sempre alguma coisa) perguntou-me se a ajudava a pesquisar nos muitos sites de casas que existem na net. No Imovirtual existem tantas, mas tantas que percebi logo porque estava ela tão desesperada.
Tudo ficou mais fácil quando passamos a fazer aquelas selecções de lado, que ajudam logo a eliminar umas quantas (muitas) hipóteses e ir mais ao encontro do que realmente queremos. Para mim 3 factores importantes são, a tipologia, localização e valor. O "maldito"valor é sempre o que acaba por encurtar as hipóteses a visitar.
Sabem que esta coisa de andar a ver casas na net, ajuda-nos a ver outras coisas que poderiam ajudar nestas procuras e ajudar ainda mais quem as quer arrendar ou vender. Vou apenas falar de uma que me saltou à vista em quase todas as que vi. Porque não tentar melhorar as fotografias que colocam no Imovirtual? Casas arrumadas, janelas abertas que deixem entrar mais luz, pormenores e ângulos podiam ser uma mais valia que muitas destas casas não mostram e poderiam passar a mostrar. Aposto  que dessa forma  haveriam ainda mais casas a serem vendidas e arrendadas por dia.


Já dizia a minha avó:
- Quem casa quer casa! Por isso querida A. estas iam ser uma escolha TOP, diz lá que não são?



Esta vista daqui



Este chão e esta luz aqui




O tamanho destas janelas e uma lareira para os dias frios de Inverno aqui





E vocês que procuram casa que coisas acham fundamentais quando pesquisam?


Post escrito em parceria com o Imovirtual

54 comentários:

  1. Nada contra a fazer publicidade, mas devia assinalar o post como tal. Eu até acreditei, mas depois curiosamente outra bloguer fez um post semelhante.
    Sofia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Sofia, desculpe mas está bem assinalado no final do post. Bjs

      Eliminar
    2. Convém ler tudo até ao fim cara anônima!!!

      Eliminar
    3. Portanto a sua amiga A anda à procura de casa? Ou apareceu caída do céu para fazer um post bonito?

      Eliminar
    4. E quem nao tem sempre uma amiga à procura de casa???? !!!!!!!!

      Eliminar
    5. Mas de certeza que neste momento está a escrever um post com uma piadinha disto tal como o fez em relação ao que me aconteceu na praia...só para ler a lista de comentários simpáticos que depois se escrevem sobre essas pessoas. Fiquei chocada sim com tudo o que li e triste como deve calcular...mas isso a si não lhe interessa nada não é "a mais picante" ?

      Eliminar
    6. Ana desculpe a minha ignorancia mas quem é esta picante?

      Eliminar
    7. Vi pela primeira vez o blogue da «picante» e acho que é mais a «sem sal»... Mas que vidinha mais triste!! Dedicar tanto tempo a bloggers que passam por ela na rua e não lhe ligam nenhuma, quando, as «picantes» ficam como se tivessem ganho o euromilhoes! HAHAHA.

      Eliminar
    8. A picante teve toda a razão no post que escreveu sobre o acontecimento na praia, que a Ana não tenha gostado de ler umas verdades é outra coisa

      Eliminar
    9. Razao????!!!! Verdades ou opiniões...é que há uma grande diferença.

      Eliminar
    10. Razao????!!!! Verdades ou opiniões...é que há uma grande diferença.

      Eliminar
    11. Atenção que não é só a Picante a dizer:
      http://www.publico.pt/tecnologia/noticia/milhoes-de-imagens-retiradas-de-redes-sociais-sao-encontradas-em-sites-pedofilos-1709723

      Eliminar
    12. A Ana tem de aprender a escrever. É confrangedor. Podia ter aprendido alguma coisa nas Escravas...

      Eliminar
    13. ahahahaha eu não sei escrever mas se me quiser dizer o que significa confrangedor eu agradeço...é que nas escravas nao me ensinaram.

      Eliminar
    14. http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/confrangedor

      Eliminar
    15. Ana, a questão não é se as pessoas têm ou não sempre uma amiga à procura de casa. A Ana faz um texto dizendo que a "A" está desesperada e lhe pede ajuda. No fim vemos que isto não passa de publicidade metida à força dentro de uma história contada de forma a parecer verídica. Apenas para que as pessoas a leiam e não pensem logo, OK é publicidade. Não me parece a coisa mais verdadeira do mundo mas a Ana é que sabe.
      (mas ao menos assinalou a publicidade, sempre é um avanço...)

      Quanto ao meu post, não fiz piadinha nenhuma. Apenas acho estranho que a Ana não hesite em fotografar as suas filhas, até nos momentos mais íntimos, como seja a utilizar a retrete, que partilhe pormenores da rotina das suas filhas com perfeitos estranhos, a verdade é que não há maneira de saber quem nos lê, mas se mostre tão incomodada com um homem que fotografava crianças na praia. E não quero dizer com isto que não tivesse razão para se sentir incomodada, se tivesse sido comido ter-lhe-ia partido o telemóvel na cara. Mas lá está, eu não vendo os meus filhos no blog....

      Eliminar
    16. confrangedor é o mesmo que constrangedor, a piada saiu-lhe mal.

      Eliminar
    17. Não fiz qualquer piada...afirmei que não sabia nem me tinham ensinado tal palavra...até agradeci o esclarecimento....o aahhhh foi para mim mesma e para a minha burrice e ignorância..mas porquê não percebeu a ironia?!!!!

      Eliminar
    18. Não fiz qualquer piada...afirmei que não sabia nem me tinham ensinado tal palavra...até agradeci o esclarecimento....o aahhhh foi para mim mesma e para a minha burrice e ignorância..mas porquê não percebeu a ironia?!!!!

      Eliminar
    19. Ana, não alimente esta conversa. O blog da PIPOCA MAIS PICANTE (será que se nota aqui alguma inspiração para o nome?) anda tão fraquinho de acessos que se viu forçada a encaminhar leitores daqui para lá. O comentário da criatura é de tal forma a despropósito que nem dá para perceber a lógica.

      Eliminar
    20. Não alimento mais não, até porque já fui ver o blog e percebi o objectivo quer dela quer do grupinho de seguidores, verdadeiros adeptos de gozar com outras pessoas, também tomei as minhas providências se bem que cada um escreve sobre o que quiser no seu blog. Acho triste pessoas destas, que até escrevem bem (ao contrário de mim que até dou dores de cabeça a algumas pessoas que cá continuam a vir e agora são grandes consumidoras de aspirina) mas também, a minha opinião para elas não tem qualquer importância, apenas lhes serve de tema de conversa e quase diário, mas não gostam, faria se gostassem.

      Eliminar
    21. Se reler os textos que escreve verá que podem ficar bem melhores, sobretudo ao nível de pontuação. Não lhe digo por mal, mas às vezes até custa ler frases muito compridas, por exemplo

      Eliminar
    22. Meu Deus, eu não acredito que não sabe o que é confrangedor!!!!! A minha filha de 12 já sabe...

      Eliminar
  2. Para além de todas as que já referiu, gosto de ver as casas de banho e a cozinha :)
    Espaço e a arrumação para mim são essenciais.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia!!! Procurar casa pode ser a tarefa mais árdua de sempre !!!! Para mim uma casa tem que trazer aconchego, luz natural para trazer felicidade, energia positiva e aquecer a casa da forma natural, ter uma cozinha considerável para eu poder dar azo ao meu gosto pela cozinha e ter um chão bonito para não ter que o embelezar artificialmente. Infelizmente terei um problema a seguir que será o preço pois pedir tanto é sinónimo de caro !!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. POis daí poderem ver que as que escolhi são carissimas...mas lindas :)

      Eliminar
  4. Eu escolhia a segunda, adoro a madeira clara e uma casa com luz, dá uma sensação de conforto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquele chão é um desejo antigo e a luz fundamental :)

      Eliminar
  5. Isso é tão verdade, há fotos assustadoras. Tenho andado por vários sites a fazer pesquisa e já vi fotos de camass cheias de peluches em cima, varandas com o estendal cheio de roupa, a embalagem de leite em cima da mesa da cozinha, etc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É desse genero de coisas que nao gosto tb :)

      Eliminar
  6. Demasiado caras essas casas . Por curiosidade, como é que a Ana escolheu a sua ? Moradia ou Apartamento? Beijinho Monica

    ResponderEliminar
  7. As fotos que mostrem o que realmente é a casa são indispensáveis. Para mim seria também importante colocassem a orientação e algo do seu exterior i.g. por cima dum café, ao lado da estação (embora "ao lado" seja muito subjectivo!) A mim escusam de me desafiar a ver uma casa toda virada a Norte ou algo virada a Norte e com o outro lado à sombra de um outro edifício, ou com um café no r/c. Ideias...

    ResponderEliminar
  8. As fotos são todas da mesma casa? É que parecem diferentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São tres casas diferentes :) Se clicar no link em baixo de cada uma vez mais fotos e toda a informação ;)

      Eliminar
  9. Ai era tanto a segunda casa! Amei (menos o preço :(

    ResponderEliminar
  10. Ana, se quer tanto comprar uma casa, experimente não gastar tanto em roupas e futilidades passageiras.
    Assim talvez não tivesse que morar nos subúrbios e poderia ter uma empregada. As suas filhas gardadeceriam mais poder ter uma casa mais confortável em vez de mil e um "kits". Não vai publicar isto, mas fica a dica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abunda muita estupidez alheia por aqui... Vejamos: não li em lado nenhum que a Ana quer comprar uma nova casa, não percebe que a maioria das coisas que a Ana mostra vêm de parcerias, não percebe que cada um tem as suas prioridades e mesmo assim a casa da Ana não me parece nada desconfortável e tem uma vista linda... E mais não digo. Adoro pessoas que "cagam postas de pescada" sobre a vida dos outros!

      Eliminar
    2. Já aprendia a ler, não? Onde é que a Ana diz que quer mudar de casa???

      Eliminar
  11. O nervoso miudinho para criticar é tanto que nem lêem os posts...

    ResponderEliminar
  12. Ironia... Alguém que possui um apartamento tão pequenino nos subúrbios e mostra estes imóveis de luxo...

    ResponderEliminar
  13. Bwm, o que por aqui vai. Tristeza de pessoas. Ana, não alimente. Bjs e keep in going| Sara Cardoso

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde, pouco hábito tenho de alimentar conversas, discussões ou troca de comentários, ou como queiram considerar chamar, sem conteúdo algum. No entanto, neste caso, foi-me impossível não intervir. Antes de mais é importante referir que o blog é da Ana e como tal a mesma publica o que entender da forma que entender. Considero perda de tempo, falta de vida e pura maldade darem-se ao trabalho de ler e seguir um blog apenas com o objectivo de o criticar. O blog em questão é a exposição de um conjunto de episódios da vida de alguém, neste caso da Ana e respectiva família, com o intuito de aconselhar outras mães ou visitantes do mesmo. Relembro, pois verifico que não é claro para todas, que ninguém as obriga a ler: não gostam não leiam. A si, "A mais Picante", aconselho-a a agradecer à Ana pois se está não escrevesse e tivesse o blog 'cacomae' a senhora não teria conteúdo para o seu blog ou espécie disso.

    ResponderEliminar
  15. A sério, a Ana devia ter mais cuidado a escrever.
    Por vezes, sinto vergonha alheia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sinta cara anónima. Só deve sentir vergonha por si!!! Deixe lá a Ana sossegada.

      Eliminar
  16. "vergonha alheia".
    "alheia", "ALHEIA", vá ver ao dicionário o significado, Anónimo das 21:12

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha cara, sei perfeitamente o conceito de "alheia", por isso não lhe admito que fale comigo nesses termos. Por saber exatamente o significado da palavra é que não entendo como é que alguém sente vergonha por algo que outra pessoa (que não conhece de lado nenhum) faz ou diz. Portanto, vergonha alheia é apenas uma expressão idiota.
      Mais, não acho que a Ana faça ou escreva alguma coisa que faça com que um anónimo sinta vergonha. Está no seu direito de discordar, de achar rídiculo, de achar que ela não escreve bem, de não gostar do blog, mas de sentir vergonha por ela, tenha dó!
      Por isso é que lhe disse que deve ter é vergonha de si e da sua idiotice e não da Ana.

      Eliminar
    2. Anónimo das 17h06, embora concorde consigo no facto de não achar que a Ana escreva algo que seja embaraçoso ou ridículo ( acho mesmo que implicam com a escrita ) , a expressão vergonha alheia , existe para denominar um sentimento de embaraço , vergonha , quando alguém diz ou faz algo que seja embaraçoso e eu posso dizer lhe que eu sinto muitas vezes vergonha alheia de colegas de trabalho , porque em determinadas situações disseram ou fizeram algo tão embaraçoso que nos sentimos envergonhadas , tal como se fossemos nós a dizer .
      Agora , neste post, à excepção da situação com a palavra confrangedor, também não vejo nenhum motivo para se sentir vergonha alheia .
      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Cara anónima das 20h34, finalmente alguém que sabe argumentar de forma educada, inteligente e com boa formação.
      Sou a anónima das 17h06 e compreendo perfeitamente o que diz. Sei que a expressão existe, eu própra já senti algum embaraço com situações como as que descreveu. Mas, senti-as por dois motivos: porque as presenciei ao vivo e a cores e porque foram com pessoas do meu círculo de amigos, colegas, família, etc.
      Continuo a dizer que não acho normal um anónimo que não conhece a Ana de lado nenhum, a não ser pelo blog, "sentir" vergonha por ela.
      Neste contexto, não acho que a expressão seja aplicável e aceitável, pelo que acho que a anónima de cima só quis ser maldosa.
      Agradeço o seu comentário educado.

      Ana, para si umas palavras, uma vez que estou a invadir o seu espaço: parece-me uma pessoa bem resolvida, com três filhas lindas e desejo-lhe tudo de bom na sua vida. Seja feliz e não ligue a estes comentários de gente... (não se pode dizer invejosa, que elas não não gostam)...

      Eliminar
    4. Anônima das15h35, tive mesmo de responder. OBRIGADA, por ter entendido o que expressei e obrigada pela cordialidade nas palavras. Depois de ler o seu comentário , chego à conclusão que de facto é estranho sentimos vergonha alheia por quem não conhecemos .
      Aproveito também para dizer à Ana , que gosto de si , do seu blog, e sou leitora frequente porque gosto de ver aquilo que mostra, que a mim sempre me pareceu genuíno .
      Um beijinho para o Anónimo das 15h35 e para a Ana :-)

      Eliminar